Taanteatro Oficina Residência 2019

TAANTEATRO OFICINA RESIDÊNCIA – TTOR 2019
Forças e formas

17 de fevereiro a 03 a março de 2019
Coordenação: Maura Baiocchi e Wolfgang Pannek
Assistente: Mônica Cristina Bernardes

link no youtube

Em tempos de ameaça à diversidade da vida e da cultura, a Taanteatro Companhia abre novamente sua sede rural em São Lourenço da Serra (SP/Brasil) oferecendo um programa de imersão destinado à autonomia criativa.

A TTOR 2019 dirige-se a profissionais e estudantes das artes performativas e de outras áreas do conhecimento e proporciona um trabalho intenso de efetuação e refinamento do potencial expressivo e da presença cênica.

A residência introduz às práticas e aos conceitos do taanteatro (teatro coreográfico de tensões) e orienta as/os participantes na criação de um solo baseado na [des]construção de performance a partir da mitologia [trans]pessoal do performer.

Realizada anualmente desde 2001, a Taanteatro Oficina Residência contou com a participação de artistas vindos de Alemanha, Argentina, Australia, Brasil, Costa Rica, Ecuador e França.

A Taanteatro Companhia, fundada em 1991 e considerada “uma das escolas mais radicais, refinadas e exigentes do teatro contemporâneo”, foi diversas vezes premiada nos planos municipal, estadual e federal. Fundada em 1991, com trajetória internacional, encenou mais de sessenta espetáculos autorais em torno da obra de artistas, poetas e filósofos como Frida Kahlo, Lewis Carol, Lautréamont, Nietzsche, Artaud, Deleuze, entre muitos. Desde 2007 compartilha sua pesquisa em artes cênicaspor meio de publicação de livros.

Período: 17 de fevereiro a 03 a março de 2019
Chegada: 17/03/2019
Partida: 03/03/2019
Carga horária: 110 horas

Hospedagem: Em 2 casas. Quartos para 2 a 3 pessoas.
Alimentação: 3 refeições diárias.

Investimento e formas de pagamento

Inscrições: enviar e-mail com Carta de Intenção e Currículo Vitae para
taanteatro@hotmail.com

Dinâmica taanteatro:

Abordagens prático-criativas:
MAE (Mandala de Energia Corporal), Caminhada, Rito de Passagem, Esforço, Esqueleto-automassagem, Dança Butoh, (Des)Construção de Performance.

Abordagens teórico-criativas:
Tensões, Ent(r)e, Pentamusculatura, Esquizopresença, Eterno Originar, Mitologia (Trans)Pessoal.

Bibliografia:
Taanteatro: Teatro Coreográfico de Tensões (também disponível em espanhol), 2007.
Taanteatro: Rito de Passagem , 2011.
Taanteatro: MAE – Mandala de Energia Corporal, 2013.
Taanteatro: [Des]Construção & Esquizopresença, 2016.
Taanteatro: forças & formas, 2018.

IMPRENSA:
CARTA CAMPINAS
Clichetes

www.taanteatro.com