Wolfgang Pannek

Diretor

Diretor, performer, autor, tradutor e produtor. M.A.(filosofia, letras e psicologia) pela FernUniversität Hagen (Alemanha). Integrante (1992) e codiretor (1994) da Taanteatro Companhia. Diretor de produção da Mostra 95 Butoh e Teatro Pesquisa, idealizador e diretor de produção de Artaud 100 Anos, coordenador do intercâmbio cultural Matola-Brasil (2005) e organizador da Hans Thies Lehmann Brasil Tour 2010. Atuou como coreógrafo e ator em Os Sertões, sob direção de José Celso Martinez Corrêa. Co-autor dos livros Taanteatro – teatro coreográfico de tensões , Taanteatro – rito de passagem e Taanteatro MAE Mandala de Energia Corporal. Idealiza e organiza a publicação de Deleuze in the land of palmtrees na revista online alemã deleuze international. Na televisão participou como ator do seriado “fdp” (HBO Brasil) e da telenovela “Além do horizonte” (TV Globo). Atualmente dirige o projeto cARTAUDgrafia.

TRAJETÓRIA

Alemanha

Inicia a atividade teatral em seu país de origem com encenações de espetáculos de  sua autoria: Felix, o felizardo (Dinslaken, 1987), Curto Comentário de  um Morto (Bremen, 1989), Palavra-Sangue-Eu (Bremen, 1991). Participa de oficinas coordenadas por Zygmunt Molik (Laboratório Grotovski), Roy Hart Theatre e Kazuo Ohno, entre outros. Atua como editor de artes cênicas da revista Bremer (1990 a 92), curador do festival de artes Der Grosse Heisse Weisse Hai (Bremen, 1990) e realiza recitações de sua produção poética (Der blaue Wahnsinn, 1989; Immerfremde, 1991). É estagiário em A selva das cidades, encenação de Andras Fricsay (Bremer Theater, 1992).  Em 1992 é admitido à escola teatral do Cantabile 2 na Dinamarca. No mesmo ano conhece a coreógrafa brasileira  Maura Baiocchi no Butoh and Related Arts Festival ’92 em Bremen e transfere sua residência para São Paulo/Brasil.

Brasil

Integra a Taanteatro Companhia inicialmente como assistente de direção. Em 1994 assume a co-direção do grupo.  Além de dirigir e atuar, passa a produzir e coordenar seus projetos, espetáculos e trabalhos de formação.  Como diretor e co-diretor realiza encenações como CaimAbel (1994), Homem Branco e Cara Vermelha(1998), Esperando Godot (2000), Máquina Zaratustra (2006),!Zaratustra! (2009) e Máquina Hamlet Fisted (2011).

Junto à Taanteatro desenvolve trabalhos na Alemanha, Argentina, Brasil, Estados Unidos, Moçambique e Japão. Coordena oficinas de formação e profere palestras em centros culturais e universidades (FAAP, USP/ECA/EAD, UFAL, UFMG, UFG no Brasil e na UNC e IUNA/UBA na Argentina).

De 2002 a 2004 aplica a abordagem Taanteatro na preparação de atores e na coreografia de Os Sertões, do Teatro Oficina sob direção de José Celso Martinez Corrêa, além de integrar as  encenações como ator.

Entre seus trabalhos de produção e curadoria destacam-se a Mostra 95 Butoh & Teatro PesquisaArtaud 100  Anos (1996), os espetáculos No Alvo com Maria AliceVergueiro e A Conquista  com coreografia de Min Tanaka (São Paulo/1996, Tóquio/1998), o projeto de intercâmbio artístico Matola-Brasil  (Moçambique, 2005), a mostra Taanteatro 15 Anos (2006) e o projeto Taanteatro +15  Anos (2007).  Em 2010 coordena o projeto DAN,  organiza a viagem de conferências do teórico teatral alemão Hans Thies  Lehmann  em cooperação com universidades brasilerias (USP, UDESC, UFG, UFRGS, UFRGN, UNB), além de preparar o lançamento do livro Taanteatro -  teatro coreográfico de tensões junto à editora argentina El Apuntador e a publicação do livro Taanteatro – rito de passagem.

Em 2012 coordena o projeto Taanteatro 20 Anos. Atua no seriado FDP da HBO Brasil. Em 2013 realiza a supervisão do NuTAAN Córdoba/Argentina e do NuTAAN SSA.

Prêmios

  • Melhor Espetáculo de Dança 2011 – Guia da Folha de S. Paulo
  • Prêmio Funarte de Dança Klaus Vianna (2006, 2009, 2013)
  • Programa Municipal de Fomento à Dança (2011,2009, 2006)
  • Prêmio Estímulo à Dança da SMC (2004).

Direção

  • 2015      cARTAUDgrafia 3: Retorno do Momo – Viga Espaço Cênico / São Paulo
  • 2015      cARTAUDgrafia 2: Viagem ao México – Viga Espaço Cênico / São Paulo
  • 2015      cARTAUDgrafia 1: Uma Correspondência – O Lugar/São Paulo</li
  • 2014      50 desenhos para assassinar a magia – Oficina Cultural Oswald de Andrade/ São Paulo
  • 2011      Máquina Hamlet Fisted – Funarte São Paulo
  • 2010      Rit.U – Galeria Olido – São Paulo
  • 2009      !Zaratustra! (ao lado de Maura Baiocchi) – Teatro da Caixa DF – Brasília
  • 2007      Máquina Zaratustra (ao lado de Maura Baiocchi) – Teatro João caetano – São Paulo
  • 2007      NOVAS PRESENÇAS – GALERIA OLIDO – SÃO PAULO
  • 2004      PERFORMANCES PREMONITÓRIAS – GALERIA DO VIDRO – SÃO PAULO
    2001      OCASO – FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTE SÃO PAULO
  • 2001      CANTO NOTURNO – FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTE SÃO PAULO
  • 2001      WALSERIANA 1 – FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTE SÃO PAULO
  • 2000      ESPERANDO GODOT  -  PROJETO ARTES NAS RUAS – SÃO PAULO
  • 1999      PRIMEIRO FAUSTO – INSTITUTO GOETHE SÃO PAULO
  • 1999      SE FORES A  FRANKFURT – BIBLIOTECA MARIO DE ANDRADE
  • 1998      HOMEM BANCO E  CARA VERMELHA – INSTITUTO GOETHE SÃO PAULO
  • 1994      CAIMABEL – CENTRO  CULTURAL SÃO PAULO
  • 1991      PALAVRA-SANGUE-EU – LAGERHAUS – BREMEN
  • 1990      CURTO COMENTÁRIO  DE UM MORTO- UNIVERSIDADE BREMEN
  • 1987      FELIZ O FELIZARDO – ND HEIM – DINSLAKEN

Atuação

  • 2009     !Zaratustra! – Teatro da Caixa DF – Brasília
  • 2006     MÁQUINA ZARATUSTRA – TEATRO JOÃO CAETANO – SÃO PAULO
    2004     MATÉRIA  4. AGGREGATZUSTAND – KUBA VEGESACK – BREMEN/ALEMANHA
  • 2004    OS SERTÕES – A TERRA, O HOMEM, O TRANSHOMEM - DIREÇÃO: JOSÉ CELSO MARTINEZ  CORRÊA  – TEATRO OFICINA – SÃO PAULO
  • 2003    OS SERTÕES – O HOMEM, O TRANSHOMEM - DIREÇÃO: JOSÉ CELSO MARTINEZ CORRÊA  – TEATRO OFICINA – SÃO PAULO
  • 2002     OS SERTÕES – O HOMEM – DIREÇÃO: JOSÉ CELSO MARTINEZ CORRÊA  – TEATRO OFICINA -  SÃO PAULO
  • 2002    !SUBMERGE!  – FESTIVAL INT. MERCOSUR – CÓRDOBA/ARGENTINA
    2001     ASSIM FALOU ZARATUSTRA – 4o Livro  – FUNARTE – SÃO  PAULO
    2000     MATÉRIAMUERTE  – SALA DE LAS AMÉRICAS – CÓRDOBA/ARGENTINA
    1999     CANTOS DE MALDOROR – FUNARTE – SÃO PAULO
    1996     ARTAUD – ONDE DEUS CORRE COM OLHOS DE UMA MULHER CEGA – TEATRO DO MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO/MASP
  • 1993      AO PÉ DA MONTANHA – MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA
  • 1991      PALAVRA-SANGUE-EU – LAGERHAUS – BREMEN
  • 1990      CURTO COMENTÁRIO DE UM MORTO- UNIVERSIDADE BREMEN
  • 1987      FELIZ O FELIZARDO - ND HEIM – DINSLAKEN

Cenografia

  • 2011      MÁQUINA HAMLET FISTED –Funarte São Paulo
  • 2009      !ZARATUSTRA! – Teatro da Caixa DF – Brasília
  • 2007      FRIDA KAHLO: UMA MULHER DE PEDRA DÁ LUZ À NOITE – GALERIA OLIDO – SÃO PAULO
  • 1998      HOMEM BANCO E  CARA VERMELHA – INSTITUTO GOETHE SÃO PAULO
  • 1994      CAIMABEL – CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

Tradução

  • 2007    O SALVADOR – THOMAS BERNHARD
  • 1998   HOMEM BRANCO E CARA VERMELHA – GEORGE TABORI
  • 1997    NO ALVO – THOMAS  BERNHARD
  • 1996    A CONQUISTA DO MÉXICO – ANTONIN ARTAUD
  • 1995    A GRAVIDADE DO SORRISO – J.M. OTHZEN

 

 Publicações

  • Prótese – revista de poesia vol. 1º – editor – (Dinslaken, 1987)
  • Prótese – revista de poesia vol. 2º – editor – (Dinslaken, 1988)
  • Taanteatro Caderno 3 – organização e tradução (Transcultura, SP, 1998).
  • Taanteatro – teatro coreográfico de tensões (Azougue Editorial, RJ, 2007)
  • Taanteatro – rito de passagem (Transcultura, SP, 2011)